Águeda vive cada vez mais com congestionamento de automóveis no centro da cidade, principalmente em horas de ponta. A principal razão prende-se pela autarquia em dar preferência a quem circula a pé.

De acordo com a página de internet da Câmara Municipal de Águeda, a cidade dispõe de mais de 1600 lugares de estacionamento gratuitos. Junto aos principais pontos de interesse na cidade, a autarquia disponibiliza lugares pagos em menor número.

A lista dos parques não incluí algumas zonas habitacionais existentes na cidade. Esta lista é meramente para os condutores que diariamente vêm à cidade.

Estacionamento grátis:

  • Mercado Municipal – 561 lugares
  • Bombeiros Voluntário – 163 lugares
  • GICA – 178 lugares
  • Alta Villa – 36 lugares
  • Centro de Saúde – 50 lugares
  • Praça do Município – 70 lugares
  • Finanças – 23 lugares
  • Botaréu – 79 lugares
  • Adro – 28  lugares
  • Praceta Américo Urbano – 28 lugares
  • S. Pedro – 13  lugares
  • Carapeteira Chas – 30  lugares
  • Praceta das Chas – 42 lugares
  • Instituto da Vinha e do Vinho – 28 lugares
  • Terreiro da Captação – 220 lugares

Para uma cidade pequena, a ideia do município é fazer com que as pessoas deixem os seus carros nestes parques e circulem a pé de forma a combater o excesso de carros nas estradas, a poluição e para promover um estilo de vida mais saudável.

1 comentário

  1. Nem sempre é fisicamente possível a utilização destes parques. Concordo que se pague em determinados sítios, mas há pessoas com limitações motoras que têm dificuldade em fazer grandes trajetos a pé. Infelizmente continua a haver um desrespeito total pelos lugares de deficientes… é só apreciar na Av Eugénio Ribeiro…..

Deixar uma resposta