A obra da requalificação do Mercado Municipal de Águeda deve arrancar no segundo semestre de 2019. O executivo municipal discutiu e aprovou o ante-projeto da obra a realizar, revela o Soberania do Povo.

A Câmara Municipal de Águeda já tem um projeto em mãos com a intervenção interna e externa a ser levada a cabo para a requalificação do mercado Municipal. A empresa responsável pelo estudo prévio considera necessário criar uma imagem das ruas mais fresca e limpa, alargar os passeios existentes ao redor, criar estacionamento para cargas e descargas e para pessoas com mobilidade condicionada ou criar passadeiras para peões e adaptar da sinalização rodoviária, por exemplo.

Segundo o mesmo documento ao que o Soberania do Povo teve acesso, está prevista a colocação de dois espaços para controlo de acessos, sobretudo no mercado de rua ao sábado, o arranjo dos espaços verdes existentes, criação de novos espaços de lazer e a identificação de todas as lojas com sinalética comum.

A obra vai alterar completamente o edifício com oito espaços para peixaria, oito espaços para vendas diversas, sete talhos, seis espaços de venda de pão e bolos, bem como igual número de bancas de charcutaria e fruta e legumes. Estão previstos, ainda, quatro espaços para venda de bacalhau, quatros floristas, a criação de um espaço para restaurante e dois espaços para serviços de restauração, zona de refeições, esplanadas, quiosque, mercearia, dois espaços para venda de leitão, sala de pessoal, balneários masculinos e femininos e uma caixa multibanco.

A estimativa orçamental para a obra cifra-se em 2.998.719,97 euros.

1 comentário

Deixar uma resposta