Portugal tem o maior e o mais pequeno Pai Natal do mundo. Os dois reunidos em Águeda. Mas quem é o artista que esculpiu a nano-escultura do Pai Natal mais pequeno do mundo? Sabias que a obra foi feita recorrendo a uma micro-escova de aço?

Willard Wigan, de 61 anos de idade, é autor de 300 micro-esculturas como esta e desde que se dedica à atividade foi considerado pelo Guinness Book of World Records o «criador das mais pequenas esculturas manuais da história».

O Pai Natal mais pequeno do mundo, feito pelo escultor inglês, é tão pequeno que é preciso recorrer a um microscópio para o ver. Foi feito em fibra Kevlar (uma fibra sintética de para-aramida, muito resistente e leve) esculpida com uma micro-escova de aço e uma agulha de acupuntura achatada e surge colocado dentro da abertura de uma agulha, por cima de uma árvore de Natal igualmente microscópica. A obra já tem 2 anos de idade.

Wigan levou aproximadamente seis semanas, com jornadas de trabalho de 18 horas, a construir a nano-escultura do Pai Natal. Ao criar a obra prima, quis dar alegria ao mundo e passar uma mensagem de esperança. «No Natal esperamos presentes e recebemos presentes, então pensei fazer oferecer ao mundo o Pai Natal mais pequeno do mundo. Às vezes a coisa mais pequena pode ter a maior mensagem», afirmou na altura.

A nano-escultura pode agora ser vista, pela primeira vez, no Posto de Turismo de Águeda, com a ajuda, claro está, de um microscópio. Willard Wigan vai estar, de resto, presente na cidade de 4 a 6 de dezembro para dar a conhecer a peça.

Deixar uma resposta