O Centro de Artes de Águeda recebeu uma menção honrosa no Architecture MasterPrize 2018 na categoria “Arquitetura Cultural”.

Concebido pelo atelier Bruno André Francisco Salgado Ré, do Porto, o Centro de Artes de Águeda (CAA) foi um dos projetos distinguidos no Architecture MasterPrize 2018, cuja lista de vencedores foi anunciada em Los Angeles, Estados Unidos, no passado dia 12 de novembro. Para Portugal foram quatro projetos reconhecidos nas categorias “residencial”, “recreativa”, “restauro e renovação de interiores”, “escritórios e pequena arquitetura”. A estes juntaram-se sete menções honrosas, totalizando 11 o números de distinguidos.

O Centro de Artes de Águeda foi inaugurado em maio de 2017. Trata-se de um equipamento municipal, equipado por um auditório, um espaço para atividades pedagógicas, um café-concerto, uma zona expositiva e uma livraria. Tem como intuito contribuir para a dinâmica cultural da cidade e da região, por forma a desenvolver ligações aos demais equipamentos culturais e potenciar uma rede de valências e competências no âmbito da criação artística.

Os MasterPrize de Arquitetura são atribuídos em 41 categorias, a que se juntam os Master Prize de cada ano, nas principais áreas. Os prémios foram criados para celebrar a excelência do design e da inovação “dos melhores projetos contemporâneos de arquitetura, interiores e paisagismo”. A sua atribuição envolve arquitetos, académicos e profissionais da indústria de construção e urbanismo.

Segundo a organização, os MasterPrize têm por objetivo “afirmar-se entre os principais prémios mundiais de arquitetura” e distinguir “os talentos daqueles que ultrapassam fronteiras e estabelecem novos padrões na atualidade do design e da arquitetura” a nível global.

A cerimónia de entrega vai decorrer no próximo ano, em data a anunciar, no Museu Guggenheim de Bilbau, em Espanha.

Deixar uma resposta