A Associação Empresarial de Águeda (AEA) voltou a “manifestar o seu desagrado” pelo aumento do preço da eletricidade, em carta enviada ao primeiro-ministro António Costa

Ler artigo completo

Log in or Register to save this content for later.

Deixar uma resposta