Centenas de pessoas receberam a composição da II edição do Comboio Histórico em Macinhata para uma visita ao Museu Ferroviário.

Foi a viagem de estreia sabendo-se que as viagens turísticas decorrem aos sábados, de 30 de junho a 13 de outubro e ainda aos domingos, de 15 de julho a 26 de agosto, com partida de Aveiro às 13h40 e chegada às 19h08.

A CP empenhou-se no trajeto e promnere novidades no próximo ano. Carlos Nogueira, Presidente do Conselho de Administração da CP, admite essa intenção.

“Se as condições climatéricas e de segurança assim o permitirem, no futuro, teremos uma locomotiva a vapor para ser utilizada aqui na linha. O turismo ferroviário é uma aposta da CP.”

Na cerimónia de lançamento desta edição, Jorge Almeida, Presidente da Autarquia, defende o sucesso da iniciativa.

“O ano passado tivemos 14 comboios completamente cheios, e isso deixa-nos orgulhosos, este ano queremos que aconteça algo similar mas com 23 comboios. A exemplo do que acontece com os chapéus em Águeda, todos juntos vamos ser capazes de tornar esta linha e este museu, e sobretudo Macinhata do Vouga e Águeda um caso sério no âmbito da ferrovia.”

O Secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins, falou também de uma satisfação pessoal pela manutenção do comboio.

“Este projeto é muito importante, é para mim motivo de grande satisfação pessoal estar aqui presente nesta edição 2018 do Comboio Histórico, investir na CP e na infraestrutura é investir nas pessoas. É importante que as pessoas venham e visitem o nosso património ferroviário.”

Deixar uma resposta