Casa abrigo para vítimas de violência com deficiência

A Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, preside, esta segunda-feira, em Águeda, à cerimónia de abertura solene da primeira casa de abrigo em Portugal para vítimas de violência com deficiência.

“Será garantido, com esta resposta, um apoio imediato, especializado e personalizado de aconselhamento relacionada com direitos, proteção jurídica e social, habitação, ocupação, formação e emprego”, refere um comunicado.

A área de influência desta casa abrigo será nacional “dado que é a primeira resposta direcionada para mulheres com deficiência e vítimas de violência.”

A infra-estrutura criada sob a alçada da ERCIAG – Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos com Incapacidades de Águeda. Tem capacidade para sete mulheres e funcionará como resposta-piloto para esta problemática.

Sondagem

Qual o melhor dia do AgitÁgueda?

A carregar ... A carregar ...
Log in or Register to save this content for later.

Deixar uma resposta