Viseu vai requalificar antiga linha do Vouga em ecopista

É a continuação de um projeto começado há muito tempo. Depois da construção das ecopistas de Sever do Vouga e do Dão, Viseu viu agora aprovada mais uma nova ecopista. As três juntas serão a maior da península ibérica.

Foi aprovada a candidatura da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão-Lafões ao Programa Valorizar Portugal 2020, para a requalificação e conversão da antiga linha ferroviária do Vouga em Ecopista.

Este projeto, que representa um investimento total de 3,3 milhões de euros, vai ser implementado ao longo de 55 km, com a construção de um traçado que se inicia em Viseu, passa por S. Pedro do Sul, Vouzela e termina em Oliveira de Frades.

Em S. Pedro do Sul esta intervenção engloba passadiços em madeira, uma ponte, mobiliário urbano, equipamento e drenagem de águas pluviais numa extensão de 6,4 km e contabiliza um investimento de 500 mil euros comparticipado em 285 mil euros, 60% do investimento total.

A nova Ecopista do Vouga vai ser ligada à Ecopista do Dão (requalificação da antiga linha do Dão) e de Sever do Vouga (requalificação de parte da antiga linha do Vouga), criando um corredor que se pode tornar na maior ecopista contínua da Península Ibérica.

Por cá, falta iniciativa política para ligar a ecopista ao município de Águeda. Entre 2017 e 2018, Águeda receberá 10,6 milhões de euros através do programa Centro 2020 da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento do Centro (CCDRC). Um dos projetos seria a construção de vias cicláveis e pedonais do centro da cidade a Assequins, Ameal, Paredes e zonas industriais de Travassô e Barrô.

Sondagem

Qual o melhor dia do AgitÁgueda?

A carregar ... A carregar ...
Log in or Register to save this content for later.

1 comentário

Deixar uma resposta