A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 4500 garrafas de espumante ilegal, em Águeda.

Segundo um comunicado, inspetores da Unidade Regional do Centro procederam a uma ação de fiscalização na região da Bairrada “no âmbito das suas competências de fiscalização de segurança alimentar e económica, no combate à preparação, distribuição e comercialização ilegal de vinhos.”

Como resultado, foram apreendidas em Águeda 4.536 garrafas de vinho espumante (rondando 5 mil euros no mercado), “tendo sido instaurado um processo de contraordenação ao preparador deste vinho, por ter engarrafado e rotulado aquele vinho como um vinho espumante de qualidade, sem, contudo, respeitar as determinações obrigatórias do seu modo de fabrico, designadamente no que se refere ao período de duração da fermentação.”

“Desta forma, induzia o consumidor em erro no que respeita ao modo de fabrico do vinho espumante, sugerindo que o vinho espumante que comercializa possui características especiais, quando na realidade não as possui”; acrescenta a ASAE.

Deixar uma resposta