estamos nas redes sociais

Notícias

Barra, Costa Nova e São Jacinto renovam a Bandeira Azul

Publicado há

a

A Bandeira Azul vai ser hasteada este ano em 314 praias, mais 15 atribuições do que em 2015, ultrapassando pela primeira vez a barreira das três centenas.

praia barra

Em Aveiro, as praias que este ano renovam a Bandeira Azul são as praias da Barra, Costa Nova e São Jacinto.

Do total das bandeiras que vão ser hasteadas nas praias portuguesas, 292 são em praias costeiras e 22 são em praias fluviais, registando-se entre elas 10 que nunca tinham recebido a distinção.

Adaúfe (concelho de Braga, na região Norte); Piódão (Arganil), Bogueira (Lousã), São Pedro da Maceda (Ovar) e Torrão do Lameiro (Ovar), na região Centro; Bolestim (Vila de Rei, na zona que a associação denomina Tejo); Rocha Baixinha (Albufeira) e Amoreira Mar (Aljezur), no Algarve; Furna de Santo António (São Roque do Pico, Açores) e Cabeço da Ponta (Porto Santo, Madeira) são as novidades da lista.

Em termos de reentradas em relação ao ano passado, registaram-se 14, enquanto nove praias deixaram de ter a distinção.

A região Norte conta este ano com 69 bandeiras nas praias (mais quatro do que em 2015), o Centro ganhou cinco, tendo um total de 32, a região Tejo tem 52 (menos duas do que no ano passado) e o Alentejo 27 (mais uma do que em 2015).

O Algarve continua a ser a região do país com mais praias galardoadas, tendo agora 88 (mais três), os Açores ficam com 34 bandeiras (mais três) e a Madeira conta com 12 (mais uma).

A praia que recebe anualmente a Bandeira Azul há mais tempo em Portugal, é a praia de Mira.

 

 

Notícias

Aveiro poderá vir a receber novo estabelecimento prisional para 550 reclusos.

Publicado há

a

Aveiro é um dos locais propostos para um novo Estabelecimento Prisional. De acordo com a informação publicada no relatório sobre o sistema prisional e tutelar já publicado na página oficial do Governo há necessidade de construir cinco novas prisões de raiz em Portugal.

A atual prisão tem capacidade para cerca de 80 reclusos mas chega a atingir a centena e meia. O novo equipamento poderá chegar aos 550 reclusos. Recentemente, Celso Manata, responsável pelo sistema, não escondia preocupação face às condições existentes.

O relatório lembra que o sistema prisional assenta em larga medida em edificado herdeiro da reforma de 1936, mantendo até Estabelecimentos Prisionais (EP) de referência vindos do século XIX, como o Estabelecimento Prisional de Lisboa ou o de Caxias. Um sistema que está “desfasado dos territórios de incidência do crime e da concentração populacional”.

Seis Distritos concentram 70% da criminalidade geral participada com Lisboa em destaque (25,8%), seguindo-se Porto (17,3%), Setúbal (8,9%), Faro “6,5%), Braga (6,1) e Aveiro (5,1%).

Lisboa e Porto apresentam “excedente de oferta de alojamento prisional” enquanto os restantes têm défice de vagas. A população reclusa, em 1 de julho de 2017, situava-se em 13.749, sendo 12.878 homens e 871 mulheres.

O relatório defende prioridade ao alojamento individual e quer aproximar os reclusos das comunidades de onde são originários. Além de defender o encerramento, “por vetustez, redundância ou deslocalização”, dos EP de Lisboa, Caxias, Ponta Delgada, Setúbal, Leiria (regional), Viseu (regional), Odemira (feminino) e Silves, sublinha a importância de construir 5 novos EP. Minho, Aveiro, margem sul do Tejo, Algarve e São Miguel, nos Açores, são os locais propostos.

Portugal quer um sistema que permita estabilizar nos 12.000 alojamentos.

Continuar a ler

Notícias

Águeda pode ter minigolfe já em 2018

Publicado há

a

O município de Águeda poderá a partir de 2018 contar um novo equipamento desportivo.

(mais…)

Continuar a ler

Notícias

Jorge Almeida retira Câmara de Águeda ao PS

Publicado há

a

O antigo vice presidente de Gil Nadais, Jorge Almeida, triunfou com uma equipa independente batendo o candidato do PS (Paulo Seara) e Miguel Roque (PSD).

O CDS volta a vencer em Oliveira do Bairro com Duarte Novo a garantir 3 lugares na vereação, o PSD três e o movimento independente um vereador que poderá ser decisivo na Governação.

O quadro eleitoral mantém-se em Aveiro, Ílhavo, Albergaria, Estarreja, Vagos, Ovar, Murtosa, Sever e Anadia.

Continuar a ler

Mais visto

Copyright © 2014-2017 Águeda Live - Todos os direitos reservados

Loja online em desenvolvimento! Ignorar